Benito de Paula detona Marun após "dancinha'

Por Dourados News 28/10/2017 - 11:05 hs
Foto: Divulgação/Facebook

A comemoração ao estilo 'dancinha' do deputado federal Carlos Marun (PMDB) durante a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer na quarta-feira (25) causou a revolta do cantor Benito Di Paula, que teve uma de suas canções cantadas pelo parlamentar após o arquivamento da segunda denúncia feita pela PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o presidente Michel Temer (PMDB).

O artista publicou vídeo detonando Marun e dizendo se sentir desrespeitado pelo fato, veja abaixo.

Ao jornal Folha de São Paulo, o cantor afirmou ter nojo de política e o que aconteceu no plenário foi desrespeito com ele.

"É desrespeito. Me colocando numa situação dessas, como se eu estivesse apoiando [o arquivamento da denúncia]. Eu não to apoiando porra nenhuma", afirmou em entrevista. Segundo Di Paula, a composição foi feita em homenagem a sua mãe, logo depois que ele conseguiu comprar uma casa para ele, no inicio da carreira.

"Ela e meus irmãos viviam numa casa com goteiras. Depois foram morar no corredor de um prédio, acredita? Aí quando eu consegui colocá-los numa casa, me veio a inspiração: Tudo está no seu lugar, graças a Deus". 

O caso

Antes mesmo do fim da votação, Marun se aproximou dos jornalistas que estavam no plenário batendo palmas e dançando a música "Tudo está no seu lugar", composição de Benito Di Paula. "Tudo está no seu lugar, graças a deus, graças a deus. Surramos mais uma vez essa oposição que não consegue nenhuma ganhar", adaptou o deputado, no ritmo da composição.