Greve dos caminhoneiros fez 29 prefeitos de MS decretarem emergência

Por Campo Grande News 31/05/2018 - 07:09 hs

Greve dos caminhoneiros fez 29 prefeitos de MS decretarem emergência
Paralisações nas rodovias provocaram o desbastecimento nos municípios (Foto: Saul Schramm/Arquivo)

Pelo menos 29 prefeitos dos municípios sul-mato-grossenses decretaram situação de emergência em consequência da paralisação dos caminhoneiros autônomos. A principal dificuldade é a falta de combustível, segundo levantamento da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Já decretaram situação de emergências as prefeituras de Amambai, Bataguassu, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Eldorado, Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Ivinhema, Jardim, Jateí, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Novo Horizonte do Sul, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste, Selvíria, Tacuru, Terenos, Três Lagoas e Vicentina.

Aquidauana, Bela Vista, Bodoquena e Inocência devem publicar o decreto nesta quinta-feira, totalizando 29 municípios.

O presidente da entidade e prefeito de Bataguassu, Pedro Caravina (PSDB), diz que a escassez de gasolina e de óleo diesel dificultou o atendimento nas prefeituras, prejudicando o transporte, a merenda escolar e a paralisação de maquinários utilizados na execução de obras.

Em casos de situação de emergência a prefeitura pode modificar contratos e a compra de produtos poderá ser feita sem a necessidade de licitação.

Ontem o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) informou que o reflexo da redução do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) do diesel deve ser sentido no bolso nas próximas semanas. Segundo ele, a alíquota só terá redução de 17% para 12% assim que as manifestações chegarem ao fim.

A União vai zerar o valor de R$ 0,05 de Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), enquanto os R$ 0,41 de PIS/Cofins (Programa de Integração Social/Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) serão reduzidos a R$ 0,30 por litro.