Jacaré ataca e mata cachorro durante passeio de família em lagoa urbana de MS

Por G1/MS 02/06/2018 - 14:36 hs

Jacaré ataca e mata cachorro durante passeio de família em lagoa urbana de MS
Momento em que jacaré abocanha cachorro em MS (Foto: G1 MS)

Um cão foi atacado e morto por um jacaré na Lagoa Maior, que norteia a região urbana de Três Lagoas, na região leste do estado. O fato ocorreu na tarde dessa quinta-feira (31) e teve as imagens e vídeos divulgados nas redes sociais, o que provocou centenas de compartilhamentos e muita polêmica entre os moradores da cidade. Muitos questionam o compartamento dos pais, de deixarem a criança e o cachorro entrarem na água e ainda ressaltam que existem placas avisando sobre o perigo dos animais selvagens.

Uma operadora de máquinas, de 32 anos, que prefere não se identificar, presenciou a cena. Enquanto fazia fotos, a filha dela, de 10 anos, estava com a câmera do celular ligada e filmou o ataque. "Eu moro no bairro Interlagos, fica a 2 quadras da lagoa. Minha filha frequenta este local há muito tempo, hoje minha filha mais velha está com 14 anos e desde bebê nós a trazemos aqui. No vídeo, dá pra ver o certinho o momento em que o jacaré abocanha o cachorrinho", afirmou ao G1.

Conforme a mulher, o fato ocorreu por volta das 16h (de MS). "Ali tem bastante capivara, tartaruga, jacaré e nós estávamos perto do novo cercado, do outro lado da lagoa. De longe, observei que a criança estava entrando sem parar na água e inclusive poderia ter sido ela a vítima do jacaré. Os pais pareciam nem dar bola e o cachorro também entrou na água, quando, de repente, ouvimos o barulho do animal chorando alto e o jacaré já com ele na boca", comentou.

Pouco tempo depois, os pais e criança foram embora. "Ninguém se posicionou. O menino ficou chorando por um tempo e pronto. Todo mundo sabe, ali tem placas falando sobre os animais silvestres e todos sabem que não devem levar animais domésticos. Minha filha até agora está traumatizada, ela nem conseguiu se concentrar na filmagem e chorou vendo o cachorrinho morrendo", lamentou.

Internautas disseram que houve irresponsabilidade dos pais. Na postagem, a internauta Danielle Garcia Dias comenta: "Pra mim a culpa é da família... pois todos estão carecas de saber , e já viram e ouviram os relatos de acontecidos na lagoa! Então! Cada cabeça com sua sentença....Esse "casal " colocou em risco a vida do próprio filho e propositalmente deixou seu animal de estimação ser atacado... sendo que o mesmo deveria estar de coleira !!!"

Kellen Cristina Silva concorda: "Se quer levar, que seja na coleira pra não acontecer isso que aconteceu com coitadinho do cachorro que triste". Nara Alexandre, em seguida, fala a sua opinião: "...se lá tinha placa proibindo q entre na água pq deixou o cachorro e a criança entrar foi o cachorro e se tivesse sido a criança não seria pior...que sirva de exemplo", finalizou.