Seja bem vindo
Iguatemi,25/02/2024

  • A +
  • A -

PARANHOS: Pai de atleta do Ginasloucos diz que cidade está chocada com assassinato de Igor

Élio Tavares comenta que o filho estava realizando o sonho de montar uma arena de esportes em Paranhos

Foto: Reprodução/Redes Sociais
PARANHOS: Pai de atleta do Ginasloucos diz que cidade está chocada com assassinato de Igor


Ainda sem acreditar em tudo que aconteceu, o pai do atleta Igor Tavares dos Santos fala sobre o quanto é difícil seguir em frente depois do assassinato do filho. Élio José dos Santos, de 50 anos, conversou na tarde desta quarta-feira (17) com o Campo Grande News, ainda muito abalado, mas diz confiar no serviço da polícia.


O jovem era integrante do grupo Ginasloucos da Unigran, criado no Centro Universitário da Grande Dourados, que combina ginástica acrobática e basquetebol. Igor foi morto em Paranhos, onde vivia com a família, atingido por cinco tiros: quatro na região das costas e um na nuca, disparados por um atirador encapuzado.


Emocionado, o funcionário público contou que não só a família, mas toda a cidade sentiu a perda de Igor. “A família inteira continua em choque. Na verdade, toda a cidade. Ele era um ser humano incrível, maravilhoso, muito atencioso, muito educado, trabalhava com o que ele amava, o esporte era a vida dele”, comentou.


Ao Campo Grande News, Élio contou que estava fora da cidade quando recebeu a ligação sobre a morte do filho. “Eu fui acordado durante a madrugada com a ligação de familiares dizendo que haviam atirado contra ele (Igor). Eu fiquei sem chão na hora, na verdade, até agora a ficha não caiu”, contou.


Muito emocionado, Élio comenta que o filho estava realizando o sonho de montar uma arena de esportes na cidade, para trabalhar com a população. “Era a coisa que ele mais amava”, pontua.


Élio contou que não sabe o que motivou o crime. Segundo ele, Igor não havia comentado sobre ter tido desavença com alguém. O caso está sendo investigado pela delegacia de Paranhos, município onde o crime aconteceu, mas não repassa informações sobre suspeitos.


O caso - Professor de Educação Física e integrante do Ginasloucos, Igor morreu aos 26 anos. O grupo de acrobacias surgiu há 25 anos e conquistou, inclusive, projeção nacional, com participação em programas como de Ana Maria Braga, na Rede Globo.


O irmão dele, Vitor Tavares, também se apresenta com a trupe pelo país e nas redes sociais lamentou a perda trágica: "Te amarei para o resto de minha vida... Descansar em paz meu irmão".


Igor foi executado na madrugada de domingo, durante confraternização numa casa localizada no Bairro Vila Nova, em Paranhos, distante 462 quilômetros de Campo Grande.


Um atirador encapuzado invadiu o imóvel e atirou contra Igor. Outros dois rapazes, de 23 e 28 anos, que não tiveram os nomes divulgados, foram baleados. Eles foram socorridos para o Hospital Municipal em Paranhos, mas na sequência foram transferidos para Ponta Porã, onde continuam recebendo atendimento médico. Um foi baleado na mão e o outro no braço. 

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login