Dia 09 de Junho é o Dia Nacional da Imunização

Por Redação Portal I Tudo 07/06/2018 - 07:53 hs

As vacinas estão entre as principais conquistas da humanidade. Graças a elas, conseguimos erradicar a varíola, doença que vitimou milhões de pessoas ao longo da história.

No Brasil, são mais de 300 milhões de doses anuais distribuídas em vacinas, soros e imunoglobulinas, fatos que também contribuíram para erradicar a poliomielite, além da redução dos casos e mortes derivadas do sarampo, da rubéola, do tétano, da difteria e da coqueluche.

Além das vidas preservadas, esses avanços podem ser traduzidos em redução de internações e diminuição do alto custo social consequente do adoecimento por doenças imunopreveníveis.

A maioria das vacinas protege cerca de 90% a 100% das pessoas. Quanto à segurança, ou seja, à garantia de que não vai causar dano à saúde, é importante saber que toda vacina, para ser licenciada no Brasil, passa por um rigoroso processo de avaliação realizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Esse órgão, regido pelo Ministério da Saúde (MS), analisa os dados das pesquisas, muitas vezes realizadas ao longo de mais de uma década, e que demonstram os resultados de segurança e eficácia da vacina, obtidos em estudos com milhares de humanos voluntários de vários países. O objetivo é se certificar de que o produto é de fato capaz de prevenir determinada doença sem oferecer risco à saúde.

O Programa Nacional de Imunização define os calendários de vacinação considerando a situação epidemiológica, o risco, a vulnerabilidade e as especificidades sociais, com orientações específicas para crianças, adolescentes, adultos, gestantes, idosos e povos indígenas. E, para que o programa continue representando um sucesso na saúde pública, cada vez mais esforços devem ser despendidos. Todas as doenças prevenidas pelas vacinas que constam no calendário de vacinação, se não forem alvo de ações prioritárias, podem voltar a se tornar recorrentes.

No município de Iguatemi, esse ano já foram administradas aproximadamente 4700 doses das mais variadas vacinas, soros e imunogobulinas dispensadas pelo Programa Nacional de Imunização.

As vacinas encontram-se disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde do município e os soros e imunoglobulinas ficam armazenadas no Pronto Atendimento Municipal.

Por : Anailton Batista/ASCOM