Bernal afirma que um dos projetos políticos do PP é eleger vice-governador de Reinaldo

Bernal afirma que um dos projetos políticos do PP é eleger vice-governador de Reinaldo

Por Midiamax 11/06/2018 - 13:50 hs

Ex-prefeito de Campo Grande e presidente estadual do PP, Alcides Bernal afirmou nesta segunda-feira (11) que o projeto político do partido inclui a eleição de um vice-governador em aliança com Reinaldo Azambuja (PSDB).

“Minha presença aqui no evento indica que estamos conversando e estamos mais próximos. O que a gente precisa para estar aliançando, é que ele aceite algumas sugestões programáticas, com redução de receita. Nós não pretendemos só ver a necessidade, mas o que nós queremos é lançar candidato a vice-governador, senador e deputados federais”, ao comparecer a entrega de equipamentos agrícolas comprados com emendas dos deputados federais.

Para Bernal, não será uma aliança apenas eleitoral. “Nós queremos é governo, para que não seja como foi com Marquinhos, porque o Marquinhos prometeu tudo se elegeu e cumpriu nada. Não me considero aliado. A última vez que eu falei com Marquinhos foi lá na época das eleições”.

Entretanto, questionado se a proximidade do governador com o prefeito Marquinhos Trad o incomodava, o pré-candidato a deputado federal desconversou. “Acho que quem tem que analisar é o governador. Apoio político não se despreza. Se o atual prefeito resolver apoiar o atual governador, ele não vai estar fazendo nada mais nada menos que a obrigação porque todas as obras que estão sendo executadas no momento são decorrentes do apoio do Reinaldo Azambuja”.

O ex-prefeito também foi questionado sobre possíveis mágoas com o tucano, já que enquanto era líder do executivo estadual, reclamava da falta de diálogo do governo estadual. “No momento em que ele começou a ajudar Campo Grande, ele começou a me conquistar. Mesmo eu não estando no cargo porque todos os projetos que estão sendo executados foram preparados no meu governo. Deixei na mão dele dentro do gabinete do governador todos os projetos para recuperação asfáltica e também para abertura de outras iniciativas em parceria com o município. Se ele aceitou fazer ou está fazendo eu tenho mais é que apoiar”, declarou.