Seja bem vindo
Iguatemi,25/02/2024

  • A +
  • A -

Alvo de denúncia do Ministério Público de Mato Grosso do Sul é próximo de senadora e ex-ministra

Dono de fazenda famosa foi contratado por Tereza Cristina em ministério


Alvo de denúncia do Ministério Público de Mato Grosso do Sul é próximo de senadora e ex-ministra


Acusado de uma série de violações ambientais, como desmatamento, armazenamento e despejo ilegal de agrotóxicos, desvio de curso d’água para a piscicultura e a criação de animais sem licença ambiental, o proprietário da Fazenda Annalu, Aurélio Rolim Rocha, o "Lelinho", onde a novela “Terra e Paixão” foi gravada, tem relação próxima com políticos.

Até o fim do mandato de ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina (PP), o investigado atuava na pasta como coordenador de Promoção de Imagem e Cultura Exportadora.

Lelinho inclusive viajava com a senadora para missões internacionais. Fez parte da comitiva da ex-ministra em viagens para a China, Alemanha, Inglaterra, Índia e Arábia Saudita.

Em 2020, ele participou da ação liderada por Tereza e pela CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) que recebeu o nome de Semana da Pátria. Na ocasião, fazendeiros de todo o país hastearam a bandeira do Brasil na entrada das propriedades para celebrar o Dia da Independência.

No currículo da carreira pública, além de ser assessor no governo do ex-presidente Jair Messias Bolsonaro (PL), também trabalhou em missões internacionais nos governos de João Dória (PSDB) e Bruno Covas (PSDB) na Prefeitura de São Paulo.

Hoje ele segue como diretor da Valor Commodities, um dos maiores grupos de comercialização de grãos, bois e pescado do Estado. Também integra a diretoria da Acrisul (Associação de Criadores do Mato Grosso do Sul) e atua como consultor de Relações Internacionais para a Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul). 



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login